Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘obras’

A história de Inês de Castro inspirou mais de 20 óperas, sendo as mais famosas “Ines de Castro” (1798) de Niccolò Antonio Zingarelli e “Ines de Castro” (1835) de Giuseppe Persiani (1799-1869) com base no libretto de Salvatore Cammarano, que foi bastante conhecida no seu tempo.

 

 

 

 

Século XVIII

A primeira ópera dedicada a Inês de Castro foi escrita por Gaetano Andreozzi (1755-1826), tendo sido estreada em 1793, na lindíssima e envolvente Florença.

No ano seguinte, 1794, estrearia em Nápoles a “Inês de Castro” de Giuseppe Francesco Bianchi (1752-1810), numa época em que aquela cidade era um dos grandes centros operáticos.

Século XIX

Em 1806 foi estreada outra ópera intitulada “Inês de Castro” em Nápoles, em 1806 da autoria de Giuseppe Farinelli (1769-1836) que pouco terá a ver com o celebrizado castrado Farinelli.

A ópera “Inês de Castro” de Giuseppe Persiani foi estreada em Nápoles, no seu Teatro S. Carlo, em 28 de Janeiro de 1835, tendo desde logo alcançado enorme sucesso perante o público e a crítica, facto que lhe permitiu estar em cena durante cerca de 16 anos, em mais de 60 produções diferentes.

Em Lisboa, o Teatro de S. Carlos assistiria em 1841 à estreia de uma outra ópera “Inês de Castro”, escrita por Pier Antonio Coppola (1793-1877), marcando a importância então conseguida por aquele Teatro a nível europeu.

Século XX

A tragédia de Inês de Castro inspirou também um compositor de música culta contemporânea, James MacMillan, nascido em 1959. A ópera “Inês de Castro” concebida por aquele autor foi estreada em 23 de Agosto de 1996, na edição desse ano do notabilizado Festival de Edimburgo, pela Scotish Opera Orchestra, com encenação de Jonathan Moore.

O seu libreto foi escrito pelo novelista britânico John Clifford, a partir da quase incontornável “A Castro”, de António Ferreira, facto que terá também justificado a sua apresentação em Portugal a 7 e 9 de Julho integrados no Porto 2001 – Capital da Cultura.

Mais recentemente, um jovem compositor suíço Andrea Lorenzo Scartazzini (nascido em 1971) foi o autor de “Wut”, uma opera em língua alemã estreada no Teatro Erfurt (Alemanha) em 9 de Setembro de 2006.

Outras obras (“Inés de Castro”)

– Ópera – Scena ed aria de Carl Maria Friedrich Ernst von Weber”
– Ópera de Julien Duchesne (1864)
– Ópera do compositor uruguaio Tomás Giribaldi (1905)
– Ópera com música de Gaetano Andreozzi, libretto di Cosimo Giotti (1793)
– Ópera com música de Giuseppe Cervellini, Ignazio Gerace, Sebastiano Nasolini, Francesco Bianchi e libretto de Luigi De Sanctis (1795)
– Ópera com música de Niccolò Zingarelli e libretto de Antonio Gasperini (1798)
– Ópera com música de Vittorio Trento (1803)
– Ópera com música de Pietro Carlo Guglielmi, libretto de Filippo Tarducci (1805)
– Ópera com música de Stefano Pavesi, libretto di Antonio Gasperini (1806)
– Ópera com música de Felice Blangini (ca. 1810)
– Ópera com música de Giuseppe Persiani, libretto de Salvadore Cammarano e Giovanni Emanuele Bidera (1835)
– Ópera com música de Thomas Pasatieri e libretto di Bernard Stambler (1976) (E.U.A.)
– Ópera com música de Vicente Lleó

-Ópera de  James McMillan

Anúncios

Read Full Post »

Filmes:

“Inês de Castro”, Leitão de Barros, 1945

“Inês de Portugal”, José Carlos de Oliveira, 1997

“Inês de Castro”, Grandela, 2002

“A casa de Lava”, Pedro Costa, 1994

“Amor de Perdição”, Manoel de Oliveira, 1978

“O Delfim”, Fernando Lopes, 2000

“Sem Sombra de Pecado”, José Fonseca e Costa, 1982

“Verde Anos”, Paulo Rocha, 1963

Músicas:

Cari Giorni – Ines de Castro (Giuseppe Persiani)

Niccolo Zingarelli – Ines de Castro – Quartetto

Pedro Syrah – “Inês de Castro”

Outras óperas e espectáculos de D. Pedro e D. Inês de Castro

Livros:

Nome da obra: “Os Lusíadas”

Autor: Luís Vaz de Camões

Nome da obra: “Inês de Castro- a Estalagem dos Assombros”

Autor: Seomara da Veiga Ferreira

Editora: Editorial Presença

Nome da obra: “Inês de Portugal”

Autor: Diogo Lucas e Filipe Lopes

 

Nome da obra: “Inês de Portugal”

Autor: João Aguiar

 

Nome da obra: “Inês de Castro”

Autor: Gondin da Fonseca

Editora: Livraria São José

 

Nome da obra: “Inês de Castro”

Autor: Faustino da Fonseca

Nome da obra: “Inês de Castro na vida de D.Pedro”

Autor: Mário Domingues

Nome da obra: ” O julgamento de Inês de Castro”

Autor: Artur Pedro Gil

Editora: Ministério dos Livros

Nome da obra:” Mensagem de Inês de Castro”

Autor: Francisco Cândido Xavier

Nome da obra: ” Souza Girão e Valle na Descendência de D.Pedro e D. Inês de Castro”

Autor: Guilherme Manuel de Souza Girão

Nome da obra: ” Linda Ignês””

Autor: Rocha Martins

Editora: INAPA


 

 

Nome da obra: “Inês de Castro, a época e a memória”

Autor:  Ana Paula Torres Megiani e Jorge Pereira de Sampaio Almeida

 

 

 

Nome da obra: “A Rainha Morta e o Rei Saudade”

Autor: António Cândido Franco

Editora: Ésquilo

Nome da obra: “Uma Aventura na quinta das Lágrimas”

Autor: Ana Maria Magalhães e Isabel Alçada

Editora: Editorial Caminho

Nome da obra: “Linda Inês”

Autor: Armando Martins Janeira

 

 

 

Nome da obra: “Inês de Castro”

Autor: María Pilar Queralt del Hierro

Editora: Editorial Presença


Nome da obra: “Inês de castro, um tema portugês na Europa”

Autor: Maria Leonor Machado de Sousa

Nome da obra:  “Pedro e Inês, um tema sempre”

Autor: Maria Leonor Machado de Sousa

Nome da obra: “Lenda e História de Inês de Castro”

Autor: António Vasconcelos

Read Full Post »